Quer visitar o Transamerica Expo Center?

Ver Mapa Como Chegar
Em 26 de outubro de 2018

Entrevista: Paulo Alvarenga – Alta Performance Pessoal

Já parou para pensar que a forma como você cuida do seu corpo pode afetar a sua produtividade? Uma boa alimentação, por exemplo, é capaz de impulsionar nossa energia – física, mental, emocional, espiritual e financeira – para termos uma alta performance no ambiente profissional e pessoal.

Para falar sobre esse assunto, conversamos com o Paulo Alvarenga, sócio fundador e Vice Presidente da Crescimentum. Além de empreendedor, ele é coach e se especializou em treinamentos de liderança por diversos centros de estudos dos Estados Unidos. Confira o bate-papo!

Paulo, você é uma das grandes referências em liderança no Brasil e tem se dedicado à formação de líderes de alta performance. O que diferencia um líder de um líder de alta performance?

Um líder de Alta Performance não é apenas inspirador, ele também é um desenvolvedor de novos líderes e empodera o seu time para atingir mais resultados e assumir riscos. Acompanha o desempenho das pessoas e do negócio, sabe diferenciar Liderança e Gestão e ser bem sucedido em levar pessoas para alcançar resultados extraordinários com compromisso, entusiasmo e protagonismo.

Em suas palestras e cursos, você trata bastante sobre energia. Como podemos mensurar e trabalhar algo tão abstrato para obtermos resultados concretos?

O mundo em que vivemos hoje está ficando doente. Cada vez mais as pessoas estão esgotadas, entrando em depressão e perdendo totalmente o brilho nos olhos e significado em trabalhar. Podemos medir a energia pela entrega das pessoas e pelo ambiente que elas geram, sendo específico, para alcançar alta performance podemos focar em dimensões de energia, como: Energia Física que é a quantidade de energia que a pessoa tem para realizar suas atividades. Nesse caso, disposição, vontade e vitalidade são o tanque de combustível, sem essa energia você não inspira ninguém. Energia Mental que trabalha a sua capacidade de se manter focado, a sua performance é igual ao seu potencial menos a interferência, ou seja, quanto menos interferência mental “lixo mental” mais você usa o seu potencial. Energia Emocional que é a capacidade de suportar a pressão do ambiente e também de se conectar com você mesmo e com os outros. Energia Espiritual que é o alinhamento de valores e trabalhar com paixão e propósito. E, por último, a Energia financeira, que é a estabilidade financeira.

A forma como cuidamos do corpo pode influenciar nossa energia e o alcance de objetivos profissionais? Em caso afirmativo, quais hábitos com a condição física podem ser benéficos?

Quando estamos com fome, prejudicamos o nosso foco? Já viu alguém tranquilo emocionalmente estando com fome? Quando comemos mais do que precisamos, conseguimos manter a performance e concentração no trabalho? A alimentação afeta todas as outras energias: Física, Mental, Emocional, Espiritual e Financeira. A dica é comer leve e frequentemente, não ficar mais de 4 horas sem comer, tomar café da manhã todos os dias e beber mais de 2 litros de água por dia. Apenas com essas simples dicas, você pode aumentar muito a sua concentração e produtividade, sem falar no humor nos relacionamentos.

Muitas pessoas perdem grandes oportunidades por deixarem tudo para a última hora. A procrastinação é uma característica que pode ser contornada?

A procrastinação é uma forma de evitar sofrimento, pois as pessoas deixam para depois aquilo que não gostam de fazer. Normalmente, são atividades que possam ser rotineiras ou até consideradas chatas naquele momento. Só que evitar esse sofrimento pode gerar um impacto muito negativo lá na frente, ai de fato o sofrimento será real. Uma forma de evitar isso é: tudo que aparecer na sua frente e que não demore mais do que 2 minutos para fazer, faça na hora. Não deixe para depois, pois você poderá se arrepender! Se existe uma atividade que dura 2 horas, dívida ela em blocos de 20 minutos, e cada 20 minutos comece e termine sem interrupção. Estipule horários para ler e-mails e acessar redes sociais.

Quais são os principais medos e receios das pessoas que procuram o seu apoio e quais foram os resultados mais surpreendentes que você já presenciou?

Existem muitos medos! É impressionante como encontro hoje, em todos os lugares, seja em sessões individuais de coaching com C-levels ou em meus treinamentos, pessoas com medo de perder o emprego, medo de se expor, medo de falar o que pensa, medo de ter sucesso, e existem os medos mais pessoais: medo de não encontrar um relacionamento íntimo, medo de não ser amado, medo de não ser bom o suficiente, medo de errar. Hoje eu fico impressionado com os resultados obtidos, por exemplo: muitos foram promovidos, abriram suas empresas, mudaram de país, aumentaram sua renda mensal em 300%, fizeram suas empresas crescerem 60%. Esses resultados são excelentes, mas o que mais me comove é o seguinte: pessoas que emagreceram 60 kilos, 34 kilos, 20 kilos, começaram a meditar, cuidar da saúde, se tornaram coaches, saíram da depressão, foram buscar suas origens (nesse caso conheceram o pai que nunca tinham conhecido), e o mais impactante pra mim são mensagens como: “desisti de me matar”. Isso, com certeza, faz com que eu acorde todos os dias e me prepare intensamente para viver a minha missão.

Entre os dia 30 de novembro e 2 de dezembro, você vai estar no Transamerica Expo Center para o APP (Alta Perfomance Pessoal). Qual é o objetivo desse curso e quais serão as atividades desenvolvidas?

Nesses 3 dias de imersão, vou trabalhar fortemente a Inteligência Emocional com foco em desenvolver as 5 dimensões de Energia: Física, Mental, Emocional, Espiritual e Financeira. No 1º. Dia focamos no que eu chamo de ampliar a consciência. Vamos fundo no autoconhecimento para entender pontos fortes e pontos fracos, estabelecer metas e entender as crenças e modelos mentais que nos limitam em todas as áreas de nossa vida. Cada um vai descobrir o seu propósito de Vida, o seu IKIGAI, que eu chamo do GPS da sua Energia. No 2º. Dia, eu chamo do dia da Transformação, onde vamos desconstruir crenças limitantes e estabelecer novos padrões de comportamentos através da identificação de gatilhos emocionais que nos levam a ter comportamentos limitantes e que estão atrelados aos nossos condicionamentos parentais. Vamos reprogramar a mente com aquilo que desejamos. Com certeza é um dia transformador, no qual muitos relatam que mudaram suas vidas aqui. No 3º. Dia, que eu chamo do dia da Integração, trabalhamos fortemente os rituais que sustentam a mudança de hábito e iremos escrever a nova história que está conectada com a nossa missão suprema. Aqui teremos momentos de gratidão, perdão e estabeleceremos um plano de ação e a escolha de padrinhos e mentores para acompanhar o seu desenvolvimento.

Gostou da conversa com o Paulo Alvarenga? Deixe sua opinião nos comentários e compartilhe a entrevista nas redes sociais.

  • Deixe um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    FAÇA SEU EVENTO AQUI

    Preencha acima com o ano atual