Quer visitar o Transamerica Expo Center?

Ver Mapa Como Chegar
Em 9 de outubro de 2018

O que faz um gestor de eventos?

Você já pensou em atuar como gestor de eventos? As principais responsabilidades dos profissionais dessa área são planejar e executar palestras, congressos, feiras ou exposições. Quem trabalha nesse setor, tem como desafio fornecer experiências inovadoras aos participantes e fortalecer a imagem da empresa ou instituição idealizadora do evento.

Para garantir bons resultados, o profissional de eventos precisa dominar uma série de habilidades que podem ser adquiridas por meio de cursos técnicos voltados para a área. Conheça mais detalhes sobre as funções de um gestor de eventos e como ingressar no mercado de trabalho.

Eventos precisam de organização e estratégia

Você já notou quão importante os eventos são para as empresas? Eles têm um papel estratégico na construção e no fortalecimento de uma marca ou de uma ideia. Além disso, eles são oportunidades ideais para o intercâmbio de conhecimento e para a criação de parcerias.

A figura do gestor de eventos é a peça-chave na organização bem-sucedida de feiras, exposições ou congressos. É ele quem vai garantir que tudo saia da melhor forma possível para valorizar a imagem de organizações ou instituições.

O que faz um gestor de eventos?

A carreira na área de gestão de eventos é bastante dinâmica. Esses profissionais podem estar envolvido na criação do conceito do evento, no planejamento, no contato com os fornecedores, nas campanhas de marketing e, depois que o evento acaba, na mensuração dos resultados.

Os gestores de eventos podem escolher se especializar nos setor corporativo, acadêmico, social ou cultural. Cada um deles necessitam de estratégias e técnicas de organização específicas. Além disso, há diversas modalidades de eventos que também exigem habilidades distintas, como reuniões, palestras, workshops, congressos, seminários, feiras ou exposições.

Quem atua no ambiente corporativo, por exemplo, costuma organizar grandes encontros e reuniões entre investidores. Nesses casos, o domínio de regras de etiqueta e conhecimento da dinâmica hoteleira são aspectos fundamentais para a realização de um evento que cause uma boa impressão nos participantes.

Um dos principais desafios para um gestor de eventos é inovar! Isso exige que ele esteja sempre se atualizando sobre as novidades do mercado e encontrando formas bem-sucedidas de explorar as novas tecnologias com o intuito de oferecer aos participantes uma experiência personalizada e inesquecível.

Cursos para se profissionalizar em gestão de eventos

Para quem interesse em atuar no campo de gestão de eventos e se destacar no mercado de trabalho, o mais indicado é buscar uma especialização na área. Hoje, muitas instituições oferecem cursos técnicos com foco em eventos. O currículo desses centros de formação contam tanto com aulas teóricas quanto com aulas práticas.

Os alunos aprendem a organizar cerimoniais, listar fornecedores, criar planejamentos, mensurar resultados, estratégias de marketing, além de conhecerem os aspecto legais sobre a realização de eventos (licenças, certificações, notas ficais, e etc.). Ah, outra habilidade geralmente trabalhada nesses cursos é a liderança, já que o gestor precisa liderar a sua equipe de apoio.

O curso técnico poder ter entre dois e cinco anos de duração. Alguns centros profissionalizantes oferecem a alternativa de estudo à distância. Além da formação como tecnólogo, o bacharelado também é uma opção. Os profissionais de Relações Pública, por exemplo, encontram bastante abertura nesse mercado. Isso porque eles são aptos a planejar um evento do ponto de vista da comunicação, o que garante a conexão estratégica entre a empresa, o evento e o público.

Como é o mercado de trabalho?

O mercado de trabalho nesse segmento é bastante amplo. Como já dizemos, você pode focar no ramo corporativo, cultural, social ou acadêmico. Outra boa notícia é que, atualmente, o Brasil oferece diversas oportunidades para esses profissionais. O estados de São Paulo e do Rio de Janeiro são os polos das principais feiras e exposições realizadas no país. Isso significa que são nesses centros onde há mais chances de se conseguir uma boa colocação no mercado.

Vale lembrar ainda que existem organizações comprometidas com a defesa dos interesses dos profissionais do setor, como a Associação Brasileira das Empresas Organizadoras de Eventos (ABEOC). Ela tem atuado em parceria com o Sebrae e com a Associação Brasileiras de Normas Técnicas (ABNT) para garantir a normatização da gestão de eventos, visando estabelecer um padrão de qualidade nos eventos realizados no Brasil.

E quanto ganha um gestor de eventos? Bem, isso vai depender bastante do tempo de experiência do profissional e do tipo de evento com o qual ele trabalha. Nos primeiros anos de carreira, um tecnólogo pode ganhar, mais ou menos, entre R$ 2 mil e R$ 5 mil reais por mês.

Você tem alguma dúvida sobre a carreira em gestão de eventos? Deixe a sua pergunta nos comentários. Não se esqueça de compartilhar esta matéria nas redes sociais.

 

  • Deixe um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    FAÇA SEU EVENTO AQUI

    Preencha acima com o ano atual