28 de fevereiro de 2018

4 dicas para utilizar o RSVP

O planejamento de um evento depende de vários fatores importantes e, entre eles, está a quantidade de convidados que serão recebidos. Para isso, utiliza-se o recurso do RSVP, sigla para a expressão francesa “répondez s’il vous plait” (“responda, por favor” em tradução livre). Confira a seguir algumas dicas para otimizar a confirmação de presença e organizar melhor o seu evento.

Entenda os tipos de RSVP

Existem três modalidades para confirmação de presença que podem ser utilizadas: receptivo, ativo e receptivo e ativo.

O RSVP receptivo geralmente encontra-se anexo ao convite ou no rodapé e traz informações de contato, como e-mail, telefone e data limite para confirmação. Dessa maneira, o convidado deverá entrar em contato para validar sua presença.

Já na modalidade ativa, o organizador do evento entra em contato com o convidado para confirmar o recebimento do convite e esclarecer mais informações sobre o evento, além de confirmar ou não a sua participação.

Por fim, o RSVP receptivo e ativo, também chamado de misto, combina os elementos das modalidades anteriores com a possibilidade de um atendimento personalizado.
Analise o tipo de RSVP que mais se adequa ao seu público

Para não correr o risco de ter uma baixa taxa de confirmação, a modalidade de RSVP deve estar adequada às características do seu público. Além disso, é preciso estar sempre atento aos meios de resposta e garantir que serão checados com frequência.

Considere uma margem de erro

Assim como nem todos que não confirmam deixam de ir, aqueles que responderam ao RSVP também podem não comparecer ao evento. Para evitar problemas e organização e logística, considere uma margem de erro entre 10 e 20%, assim, você garante o conforto dos seus convidados e o bom andamento do seu evento.

Utilize o RSVP a seu favor

Além de servir como uma ferramenta de planejamento, o RSVP também é uma ótima fonte para formação de mailing e ações pós-evento.

Veja mais em:

Tags Relacionadas