16 de setembro de 2013

Investimentos em Feiras de Negócios cresce 21,5% no Brasil

Pesquisa feita com mais de mil empresas brasileiras de portes pequeno, médio e grande mostra que o orçamento para participação em Feiras de Negócios cresceu 21,5% no Brasil. A Unifeiras, núcleo de preparação para feiras, formado pela parceria com a União Brasileira dos Promotores de Feiras (UBRAFE) e o Instituto PRO Expositor foram os responsáveis por tabular a pesquisa.

O crescimento no orçamento representa a comparação entre os anos de 2011 e 2013, já que muitas das grandes feiras brasileiras são realizadas a cada dois anos e por essa razão, se a comparação fosse realizada entre o ano em curso e o ano anterior, poderiam existir distorções em função desse calendário de feiras.

Uma das constatações da pesquisa mostra que esse aumento de participação nas feiras acontece como uma estratégia de aprofundamento do relacionamento com os consumidores. As empresas estão percebendo a necessidade de conhecer de perto o cliente que foi conquistado no ambiente virtual.

A internet trouxe para as empresas a possibilidade de prospecção de novos clientes, e é necessário estreitar essas relações para que seja possível consolidar essas novas conquistas, e isso só pode ser feito conhecendo esses clientes no ambiente offline.

É possível perceber que as equipes de vendas externas de muitas empresas estão ficando cada vez menores, e as feiras estão assumindo grande importância na estratégia de aproximação e criação de laços para fidelização desses clientes que foram recém conquistados. Em decorrência disso, a tendência é que os números da pesquisa cresçam ainda mais.

Internet e feiras são canais que se complementam, e podem potencializar as vantagens e benefícios desses que podem ser considerados os mais eficazes canais de marketing e vendas industriais.


Fonte: UBRAFE 

Veja mais em: